Apdif: tecnologia aplicada a transtornos do espectro autista

Hoje, 2 de abril, é o dia mundial da conscientização sobre o autismo. Razão pela qual, no dia de hoje e durante todo o mês, as atividades serão realizadas em diferentes partes do mundo para aumentar a conscientização sobre como incluir e compreender aqueles que sofrem de Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Nesta nota apresentamos quatro aplicativos gratuitos que melhoram a qualidade de vida de quem têm esse problema.

TEA é uma doença que não foi devidamente diagnosticada pela sociedade e, como resultado, as pessoas que o têm não contam com serviços de apoio suficientes e muitas vezes também sofrem estigma, discriminação e violações de seus direitos humanos.

O problema abrange um amplo espectro de desordens caracterizadas por deficiências na comunicação e interação social em vários contextos, juntamente com padrões restritivos e repetitivos de comportamento, interesses ou atividades.

Segundo a organização do CDC, uma em cada 59 pessoas tem autismo, mas no total das estatísticas muitas vezes não é diagnosticada devido à falta de conhecimento; Por seu turno, a Organização Mundial da Saúde estima que 1 em 160 crianças tenha um tipo de TEA.

GeneXus quer contribuir o nosso grão de areia dizendo-lhes sobre a plataforma tecnológica APDIF: Uma plataforma de aplicativos projetados desenvolvidos para aumentar a auto-suficiência e independência de pessoas com TEA, que alcançou uma maior auto-estima e uma melhor qualidade de vida para aqueles que usam, ajudando na inclusão na sociedade.

Apdif.com possui atualmente 4 aplicativos, todos desenvolvidos para ajudar pessoas com diferentes níveis de comunicação, execução, organização e problemas de aprendizado, entre outras situações cotidianas.

Daniela Sniadover, um dos seus principais fundadores nos diz que a plataforma foi lançada há 2 anos: “Quando pensamos que o uso de tecnologia nos permitiria ampliar o conhecimento e as estratégias que aprendemos através da experiência e estudos ao longo de 20 anos, para alcançar mais pessoas e ter um impacto positivo sobre elas e seu meio ambiente “.

4 aplicativos para ajudar pessoas que sofrem de TEA

Os aplicativos APDIF que estão disponíveis gratuitamente nas lojas iTunes e Google são: ChatTEA, InteArgir, Llevo todo e Ahora Leo.

Atualmente, são utilizados tanto em nível familiar quanto institucional, no Uruguai, Argentina, Brasil, Espanha, Estados Unidos e México. “Nós temos visto que pessoas, que não queriam ficar sozinhos em casa, conseguiram pela primeira vez desde que se comunicassem com seus pais através do aplicativo e que a experiência os deixa mais tranquilos”, diz Daniela sobre a Experiência do Usuário.

Este slideshow necessita de JavaScript.

1) ChatTEA

Através da possibilidade de enviar mensagens de texto, imagens, áudios e perguntas que podem ser respondidas com imagens de múltipla escolha.

O ChatTEA facilita a comunicação com pessoas com desordem do espectro autista, incluindo-as em círculos familiares e sociais confiáveis.

Disponível Android and iPhone.

App Chatea TEA APDIF

2 ) Interagir

Pessoas com TEA precisam de guias sociais que os ajudem a sair de sua rigidez e interesses restritos característicos de TEA. Este aplicativo ajuda a preparar e praticar diálogos ou situações para reduzir a ansiedade.

Android.

Appdif Interagir

3 ) LlevoTodo (Eu carrego tudo)

É uma aplicação que dá independência às pessoas quando organizam suas diferentes mochilas. De uma maneira simples, os itens são listados e aqueles que já estão salvos são marcados. O administrador insere os itens necessários de acordo com a ocasião.

Android

iPhone.

App Llevo todo APDDIF TEA

4 ) Ahoraleo (AgoraLeo)

Agora Leo nos permite criar histórias com os personagens e temas favoritos de quem está aprendendo a ler. Cada frase e cada palavra têm seu som. É também uma maneira de aprender sem precisar depender totalmente de outra pessoa.

Android

iPhone.

AhoraLeo app TEA APDIF

 

Cada uma dessas tecnologias tem sido desenvolvida com GeneXus, com o apoio da nossa BuilderThalesLab Company, a Agência Nacional de Inovação e Investigação (ANII), e patrocinada Fundação Telefônica da Movistar.

Se você tem uma ideia que você acha que pode ajudar a qualidade de vida dos outros recomendamos que você entre em contato com APDIF no seguinte e-mail info@apdif.com  com o assunto “Eu apoio essa ideia?”

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: