Robocars nas Olimpíadas de Robótica, Programação e Videogames 2018 da Ceibal

A 5ª edição da Olimpíada e a 3ª edição do FIRST LEGO League teve lugar entre 7 e 8 de novembro, no Parque Tecnológico LATU (Pasitos de nossos escritórios GeneXus em Montevidéu, Uruguai), a fim de compartilhar experiências e destaque os melhores trabalhos em Robótica e Programação desenvolvidos nos centros educacionais ao longo do ano. O evento foi organizado nas seguintes categorias: Programação, Robótica, Geração App, FIRST LEGO League, FIRST LEGO League Jr., placas Módulos e Drones de desafio. Durante dois dias, o campus ficou repleto de alunos de 6 a 18 anos que mostraram com entusiasmo o trabalho feito com seus professores durante o ano todo. Muitos estudantes avançados e professores de robótica nas diferentes escolas secundárias conheceram a história dos robocars, as possibilidades dos veículos autônomos no Uruguai e a comunidade em torno do DIY Robocars. Foi a trilha ideal para os nossos robocars andarem no modo autônomo e no modo de comando! O interesse das crianças pelos robocars foi incrível. Filas intermináveis ​​foram montadas para serem capazes de lidar com os carros, cerca de 400 crianças em idade escolar e outros jovens com cabelos penteados e grisalhos. Para que a experiência se aproximasse, habilitamos o software mínimo para que pudessem brincar com eles, com um controle remoto e alguns robocars que vagavam autonomamente. Houve uma vez que havia 5 carros de cada vez na pista, cada um impulsionado por uma inteligência humana ou artificial, em convivência. O que lhe interessava era o quão pequeno fez para um carro pequeno poderia realmente lidar com o controle PlayStation … Os Liceales e controlam directamente bordo perguntou o que estávamos usando, se fosse Arduino ou Microbit (que usa Ceibal). Também tivemos ótimas pessoas perguntando sobre inteligência artificial. O GeneXus equipe / ThalesLab funcionou como um relógio, 4 mãos e sapatos para correr na pista, resgatando carros emaranhados, trazendo parque ambiental, ou carregar e trocar as baterias, colocando carros para executar que quebrou no processo, respondendo a perguntas ao mesmo tempo, e tentando fazer curvas para distribuir os carros entre dezenas de crianças com as mãos levantadas pedindo por um turno. Foi uma experiência muito boa! Quando é o próximo?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: